Functional Patterns

Brasil

O Método Functional Patterns

Você já teve que ficar em determinada posição corporal ou até mesmo em um espaço apertado que deixou suas costas, quadris ou outra parte do seu corpo rígidas ou tensas?

Imagine que você fez um agachamento profundo ou com um ângulo estranho, e que está tentando se levantar, mas sente uma tensão e uma limitação no seu corpo.

Isso acontece com 100% das pessoas em algum momento da vida.

Embora possa parecer algo normal, está longe de ser ideal. 

Por que isso acontece? Isso acontece porque estamos movendo o que não deveríamos mover em nossos corpos e vice-versa.

Os circuitos estão embaralhados em nosso cérebro, e o nosso hardware (NOSSO CORPO) lida com os resultados negativos dessa programação ruim. 

Mas não precisa ser assim.

Você pode melhorar esse cenário se souber modificar seu software. 

Como você modifica o seu software para que possa se movimentar sem dor? 

E se eu te disser que existe um conceito de treinamento físico que reúne todas essas coisas? 

Digamos que você queira desenvolver uma nova habilidade, como jogar golfe, correr melhor, jogar basquete etc. 

Você provavelmente contratará alguém para ajudá-lo com a técnica, mas você já pensou em quantos músculos você realmente usa quando pratica determinada atividade física? 

Você já pensou em quantas partes do seu corpo atrapalham quando você está tentando ajustar seus movimentos no espaço? 

Você leva em consideração que partes do seu corpo são ativadas com cada movimento, e se existe ou não uma maneira melhor de fazer isso? 

Na Functional Patterns, o foco de nossa atenção é exatamente esse! Nossa experiência tem nos mostrado as coisas incríveis que o corpo pode fazer quando as disfunções desaparecem. 

E o método Functional Patterns trata justamente das possíveis disfunções corporais. 

Nós entendemos a física básica e a biologia humana, e orientamos a prática de exercícios em torno de princípios que permitem que os movimentos ocorram de maneira natural e eficaz. 

Acredite ou não, nossos corpos são um mecanismo de tração. 

Nós ensinamos ao corpo como esse mecanismo de tração funciona. 

E quando as pessoas se familiarizam com esse mecanismo de tração, elas conseguem fazer coisas maravilhosas. 

Todos os movimentos funcionais do corpo acabam se parecendo em algum momento. 

Existe uma natureza sequencial envolvida em termos músculos que nos impulsionam a nos movermos de maneira ideal no espaço. 

Esta sequência faz parte da natureza humana e nós conseguimos adaptar os movimentos dos quadrúpedes para criar uma forma incrível de bipedismo. 

No que se refere à correção de desequilíbrios corporais, consideramos o corpo um sistema interconectado e o reposicionamos até encontrarmos o ponto que gera tração em todos os aspectos de nosso movimento. 

Nós trabalhamos o reposicionamento do corpo de forma a reconstituir o que os humanos aprenderam intuitivamente ao longo de milhões de anos. 

Músculo por músculo, articulação por articulação, pensamento por pensamento, reestruturamos o corpo para que ele volte a funcionar de forma biomecânica, como manda a natureza. 

Com o uso do método Functional Patterns, podemos realmente programar movimentos melhores, desde que coloquemos consciência nos lugares certos. 

As oportunidades são inúmeras. 

A Functional Patterns faz a engenharia reversa de corpos em desequilíbrio, não apenas para permitir a volta às nossas raízes bípedes, mas também para superar nossos ancestrais à medida que começamos a compreender os princípios fundamentais de nossa biomecânica. 

Essa é uma abordagem radicalmente diferente de treinamento, muito diferente de praticamente todos os outros métodos de treinamento disponíveis no mercado, que de fato acabam gerando mais desequilíbrios do que benefícios para o corpo. 

Nossa abordagem é única porque admitimos algumas realidades, alguns fatos nem sempre agradáveis, que ninguém deseja admitir nos treinamentos. 

Se você quer entender esta grande teoria da biomecânica, todos os caminhos levam à Functional Patterns. 

Copyright 2020 – Todos os direitos reservados